loading image

Comentário Carlos Vieira 05.06

X

Comentário Carlos Vieira 05.06


Hoje é o Dia Nacional do Meio Ambiente.

O objetivo da ONU Meio Ambiente é chamar a atenção da sociedade para reduzir a produção e o consumo excessivo de produtos plásticos descartáveis.

Apesar de muita gente não dar importância a essa data, ou pior, não dar tanta importância a esse tema, é preciso lembrar que o Brasil é agraciado com belíssimas riquezas naturais. O grande problema é que a ganância capitalista desmata, tira o verde da esperança, tira os voos de liberdade dos pássaros que, por sinal, muitos estão em extinção. No hino nacional, que hoje em dia pouca gente sabe cantar, temos os belíssimos versos:

Do que a terra mais garrida

Teus risonhos, lindos campos têm mais flores

Nossos bosques têm mais vida

Nossa vida no teu seio mais amores

 

Acontece que a beleza dos versos nem sempre condiz com a realidade encontrada. No dia 05 de novembro de 2015, o país se deparou com seu maior desastre ambiental: o rompimento da barragem de Fundão, localizada no subdistrito de Bento Rodrigues, a 35 km do centro do município de Mariana, Minas Gerais. O acidente deixou prejuízos incalculáveis e o Rio Doce ainda amarga, mas não tanto quanto o coração de produtores e muitas famílias que ali viviam.

Mas, sabem o que amarga mesmo, de verdade? É saber que ninguém foi punido. É saber que ainda não há políticas públicas adequadas, não há responsabilidade social por parte do governo, das empresas e até das pessoas que jogam lixo em qualquer lugar. Amarga saber que há fiscais omissos que fazem “vista grossa”, se corrompem. Amarga saber os deputados que foram apurar a tragédia em Mariana receberam cerca de R$ 2,6 milhões em doações da própria mineradora responsável.

Só na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, cinco dos nove membros titulares da comissão extraordinária foram beneficiados com doações do grupo Vale, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). As contribuições de campanha aos integrantes da comissão somam R$ 368 mil.

Em termos de Meio Ambiente, precisamos urgentemente de consciência. Claro, muito disso por meio de uma educação melhor. Caso contrário, o Brasil vai por água a baixo. Isso se restar água.

Dos filhos deste solo és mãe gentil

Pátria amada

Brasil!

Outro post

X