loading image

Alunos criam pré-vestibular comunitário em escola pública de Contagem

X

  • Home
  • Notícias
  • Alunos criam pré-vestibular comunitário em escola pública de Contagem

Alunos criam pré-vestibular comunitário em escola pública de Contagem


Com apoio da direção, o grupo formado por alunos e ex-alunos da escola oferece até cursos livres durante o ano letivo.

Carlos Vieira – Repórter Liga Jovem

A virada do ano não zera apenas a contagem dos dias. Marca também uma contagem regressiva para estudantes do ensino médio que pretendem ingressar na faculdade.

Para reforçar a preparação durante a maratona do ano letivo, um grupo de estudantes da Escola Estadual Ruy Pimenta, no bairro Inconfidentes, em Contagem, Grande BH, resolveu formar um grupo de estudos aos sábados.

Com o apoio da escola, o grupo criado em 2015 transformou a ideia inicial em pré-vestibular comunitário. Desde então, o projeto atendeu centenas de pessoas como explica o coordenador Hyago Rodrigues:

“Foram nove alunos em 2015 […] Ano passado nós tivemos oitenta alunos matriculados, em 2016, nós tivemos cento e cinquenta alunos matriculados. E o projeto esse ano vem crescendo, nós oferecemos curso pré-vestibular para os alunos além de oferecer alguns cursos livres também com carga horária de 20 horas, que são cursos de noções básicas em administração e noções básicas em primeiros socorros”.

À esquerda: Raimunda Maria Machado, diretora da escola.            À direita : Hyago Rodrigues, coordenador do GEIS

 

Os cursos são totalmente gratuitos, priorizam alunos da própria escola, mas não impedem a participação de pessoas da comunidade.

Desde o início, a diretora da escola, Raimunda Maria Machado, segue incentivando as atividades propostas pelos alunos.

“Eu achei muito válido, estimulei o tempo todo e abracei junto com os meninos o projeto. […]”

A diretora completa afirmando a importância de acreditar nos alunos:

“Eu acho que as escolas têm que acreditar nos meninos, ouvir sempre, ouvir sempre o aluno. Ele tem muita coisa boa pra passar. E a gente tem que acreditar, tem que acompanhar, tem que estimular e tem que abraçar junto com eles porque têm frutos bons;”

Todas as atividades do projeto são feitas por voluntários. Professores, coordenadores, oficineiros… Todos se doam em prol do conhecimento. Com alunos já aprovados em vestibulares, bons resultados em edições do ENEM e bons frutos gerados pela iniciativa, o grupo ganhou até nome: GEIS – Grupo de Estudos Irena Sendler. O nome faz referência à história de uma ativista dos Direitos Humanos durante a Segunda Guerra Mundial.

Com um país em crise, com milhões de desempregados, educação deficiente, um estado endividado e uma profunda crise moral talvez seja difícil acreditar que haja alguma realidade diferente para o Brasil, mas o Grupo de Estudos Irena Sendler mostra que com mudança de atitude, com uma escola que acredita e com voluntários dispostos haverá sempre a esperança de construir um futuro promissor.

Informações: GEIS Oficial

Escola Estadual Ruy Pimenta: Av. Frei Henrique Soares, 310 – Inconfidentes, Contagem – MG

Telefone: (31) 3362.6013

Ouça a matéria completa!

Outro post

X